Casal adota cadela com a mesma síndrome da filha e história torna-se viral

0
1135

A história ocorreu nos Estados Unidos da América, mas rapidamente está a chegar aos 4 cantos do mundo, através das redes sociais. A história envolve um pouco de coincidência ou até ironia do destino, pois juntou esta bebê, portadora da síndrome de Ectrofactilia, e um cão igualmente portador de Ectrofactilia, uma doença genética pouco comum, e que se caracteriza pela ausência de um ou mais dedos centrais, das mãos ou dos pés.

Este cão, de raça Chihuahua e com 8 anos de idade, tem as suas patas afetadas, sendo que a bebê, com 7 meses de vida, nasceu sem alguns dedos nas mãos e nos pés.

1

A síndrome afeta as patas da frente do cão, que tem 8 anos de idade. A bebê, que tem apenas 7 meses de vida, nasceu sem alguns dedos das mãos e dos pés. Anteriormente, o cão estava sob os cuidados de uma ONG em São Francisco, na Califórnia. Por sua vez, a equipa da ONG estava procurando uma nova família para o cão, tendo encontrado nas redes sociais uma família que estava procurando por um pequeno Chihuahua, para fazer companhia à bebê da família e ao outro cão lá de casa.

Coincidência ou não, a cadela tem a mesma doença que a bebê, mas o mais importante é que agora irão estar juntas, e fazer companhia uma à outra… 😀

SHARE