Entenda porque o seu cachorro fica tão feliz quando regressa a casa

0
4682

Não interessa se saiu por apenas 5 ou 30 minutos, o seu cachorro sentirá a sua falta na mesma. Ninguém, em sua casa, fará tanta festa, quando chegar, como o seu cachorro faz, disso pode ter a certeza. Ele simplesmente desata aos saltos, sai disparado na sua direção, e pulará para cima de você.

Mas, será que você sabe a razão porque o seu cachorro reage tão bem quando lhe vê ?

1

Por outro lado, se sempre teve esta curiosidade hoje irá quebrá-la, pois os psicólogos caninos juntamente com os cientistas têm vindo a estudar durante alguns anos estes comportamentos e parecem, finalmente, ter chegado à resposta final.

Inteligência emocional igual a uma criança de 2 anos

Segundo os estudos, os cachorros possuem a inteligência emocional de uma criança de 2 anos, porém eles sentem medo, felicidade, tristeza, conseguem lembrar-se de pessoas e lugares, etc.

Porém, como as crianças, os cachorros conseguem sentir estas diversas emoções mas não são capazes de as questionar.

3

Os cientistas também afirmam que os cachorros são animais sociais e que se organizam de forma a criar grupos com uma hierarquia social definida. Tal como na família humana, em que existem os pais, filhos, avós, onde cada um ocupa uma posição, nos grupos de cachorros também é igual.

Entretanto, a ciência também afirma que o grupo funciona com um só, mas que cada cachorro tem a sua função, como uma equipa de futebol, onde todos jogam para o resultado da equipa mas cada um com uma função.

5

Porém, não é um grupo fechado e se, por ventura, um cachorro decidir abandonar o grupo e continuar por conta própria, os outros aceitam a decisão.

Foi também afirmado que os cachorros, como as crianças, não entendem o conceito do tempo. Eles simplesmente vivem o presente, esquecem o passado e não se preocupam com o futuro.

6

Agora, olhando para a foto acima, você já entende mais o porquê dos cachorros observarem a saída, de casa, dos seu donos, desta forma, pois na cabeça dos cachorros, você pode simplesmente ter decidido abandonar o grupo.

Por outro lado, o seu cachorro não pode ir com você e juntar-se simplesmente ao seu grupo de amigos, só se assim você o permitir e levá-lo consigo quando sair. Porém, quando isto não acontece, o seu cachorro fica em casa, com toda essa falta de liberdade, sem poder simplesmente ir à rua apanhar ar com outro cachorros ou iniciar o seu próprio grupo.

7

Mas se o cachorro não tem a noção do tempo, porque ele faz mais festa quando você fica mais tempo fora de casa ?

É verdade, os cachorros não possuem essa noção de tempo, porém quanto maior for o tempo em que eles estão sozinhos, maior será a falta de estímulos, maior será a sua inatividade, bem como estarão num ambiente sem nada para fazer, chato.

9

Você tem que pensar que o seu regresso não lhe dá só alegria, dá também outras motivações como: carinho; comida; atividade física; diversão entre ambos; e o mais importante de todos, uma companhia, algo imprescindível para um animal.

A recepção que um cachorro proporciona ao seu dono não é só baseada na alegria, mas também é algo com intenção. Muitas das vezes, os cachorros tendem a lamber os seus donos quando estes regressam, a cheirar, etc; isto tudo permitindo uma aproximação ao dono, mostrando um sinal de afeto, mas também servindo para os cachorros obterem informações a partir do cheiro como locais, pessoas com quem você esteve e até a comida que você ingeriu.

11

É por estes motivos que o seu cachorro sente a necessidade de o lamber quando você regressa a casa, de preferência chegando ao seu rosto. Os cachorros também são suficientemente espertos para saber que nós, humanos, nos movimentamos com as pernas, por isso tendem a cheirá-las quando nos aproximamos.

Por isso, dá próxima vez que você regressar a casa, você já entenderá melhor a reação do seu cachorro, entenderá a necessidade do mesmo em fazer todos aqueles saltos, correrias, etc. Portanto, não se esqueça de permitir ao seu cachorro este seu momento, que é essencial para o mesmo, e pode ter a certeza, que mais ninguém sentiu tanto a sua falta como o seu cachorro.

Fonte: http://lavozdelmuro.net/

SHARE