Estudos indicam que cães produzem mais hormónio do amor do que os gatos

0
354

Quando o assunto é o amor, poderíamos escrever 50 cinquenta páginas sobre esta grande dádiva humana, que sempre seriam poucas… o amor não é apenas a palavra, não é apenas um conjunto de letras unidas como outras tantas palavras, mas sim uma palavra forte, principalmente a nível sentimental…

1

Porém, para a ciência o amor consegue ser definido por poucos parágrafos, pois existem um hormônio capaz de explicar tudo sobre o amor, não fosse ele o hormônio de amor… 🙂 Trata-se da Ocitocina, um hormônio que tem um papel importante na relação entre todos nós, seres vivos. Ele é, por exemplo, o responsável pelas contrações, durante um parto; responsável pela libertação de leite materno e ainda pela empatia gerada entre as pessoas…

2

Os cientistas também viriam a descobrir que os cães e os gatos também produzem ocitocina, quando estão por perto dos tutores. Porém, depois de terem sido colhidas amostras de saliva de 10 cães e de 10 gatos, descobriu-se que os cães têm um aumento de 57,2% neste hormônio, quando por perto dos tutores, enquanto os gatos ficam-se por um aumento na ordem dos 12%.

SHARE