Este Pitbull esperava todos os dias por esta menina. Até que um dia tudo mudou

0
27988

Efetivamente, muitas pessoas têm uma má imagem da raça Pitbull, ora porque a consideram uma raça agressiva; demasiado forte, para conviver com as crianças; e de natureza rebelde. Porém, a história não é bem assim. Tal e qual aos seres humanos, existem pessoas mais bem educadas que outras, e a espécie é a mesma, logo tudo depende da educação que você der a um Pitbull, e diga-se, um Pitbull bem educado é um dos melhores cães que você poderá ter.

aoxiZHs

Esta história relata uma situação familiar, onde um casal, outrora solteiro, decidiram ir viver juntos, pelo que tiveram que levar os seus respetivos cães e juntá-los. Porém, uma menina estaria a caminho, pelo que o Pitbull, o cão da mulher, não era bem visto pelo seu marido, pois este o considerava agressivo e que provinha de uma raça perigosa.

hffoCB2

O tempo passou-se e a criança nasceu, mas o Pitbull continuava lá, pois era muito amado pela sua dona. O que aconteceu? Bom, penso que aconteceu tudo menos o que o homem lá de casa pensava. Ambos os cães, aquando da chegada da menina, lamberam-lhe, aconchegaram-lhe, basicamente demonstraram imenso afecto.

6h75xWU

O tempo passou, e o Zack, o Pitbull, tornou-se o melhor amigo da menina. Todos os dias o Zack esperava nas escadas, quando se apercebia que estava perto da hora de ir dormir, de forma a segui-la até a cama. Infelizmente, quando a menina tinha 5 anos de idade, o Zack foi envenenado por um vizinho, e tudo mudou… Na primeira vez que a menina subiu as escadas e viu que não estava lá o Zack, como sempre esteve, a mesma desatou em lágrimas. Após isto, levantou-se o Sam, o outro cão da casa, que era amado pela menina mas que não tinha a mesma relação igual a do Zack; o Sam roçou-lhe a cabeça, os dois dirigiram-se ao quarto e ambos ficaram lá abraçados por um longo espaço de tempo. Durante os seis anos seguintes, antes de morrer, o Sam esperou a menina todos os dias ao lado das escadas

a1bnefw

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here